GET.invest

Fechar
Melhores resultados
Ver todos os resultados

Fogões alimentado por serradura e dados

Su
Fullscreen

Os fogões SupaMoto são oferecidos gratuitamente aos agregados familiares que compram pellets, sendo efetivamente emprestados e monitorizados através de uma plataforma da Internet das Coisas © Jason Mulikita for Modern Cooking Facility for Africa

Fullscreen

Os fogões SupaMoto alcançaram a maior eficiência e as mais baixas emissões alguma vez registadas em testes de fogões de biomassa no Centro de Investigação Aprovecho © SupaMoto

Fullscreen

O GET.invest Finance Catalyst, que há cinco anos presta à SupaMoto serviços de consultoria estratégica, modelação financeira para um aumento da dívida convertível, angariação de fundos e apoio a transacções © Jason Mulikita for Modern Cooking Facility for Africa

Fullscreen

A SupaMoto utiliza pellets feitos de serragem proveniente de plantações madeireiras sustentáveis da Zâmbia. © Jason Mulikita para Modern Cooking Facility for Africa

Fullscreen

A SupaMoto opera na Zâmbia, Moçambique e Malawi. © Jason Mulikita para Modern Cooking Facility for Africa

Principais valores
País
Zâmbia
Segmento de mercado
Cozinha Limpa
Resultados esperados
Volume total de investimento projectado
€9,600,000

Fogões alimentado por serradura e dados

Su

Sobre

Cozinhar com carvão vegetal causa danos tremendos às florestas, à saúde e ao clima e, no entanto, os esforços de décadas para substituir o carvão vegetal como fonte de combustível têm-se esforçado por encontrar soluções que se mantenham. Assim, as cozinhas africanas têm sido palco de décadas de tentativas de substituição desta fonte de combustível. Existem muitas alternativas disponíveis, mas, como para qualquer tecnologia, a acessibilidade dos combustíveis e dos fogões é uma questão inevitável. O preço é o principal obstáculo a uma mudança maciça nas práticas culinárias, especialmente para as famílias não ligadas à rede.

A Emerging Cooking Solutions (ECS) começou na Zâmbia em 2013 com uma ideia que colocava a acessibilidade em primeiro lugar e entrou no mercado com a marca SupaMoto. A empresa social fabrica fogões de queima limpa e uma nova classe de combustível para os aquecer: pellets feitos de serradura proveniente das plantações de madeira sustentáveis da Zâmbia. Anteriormente um produto de desperdício, a serradura faz agora parte de uma cadeia de valor de combustível que é renovável, gera empregos e – numa inovação para uma fonte de combustível nacional – custa substancialmente menos do que o carvão vegetal. Os pellets ardem eficientemente nos fogões de gaseificação da SupaMoto; de facto, um novo design que pode ser afinado remotamente com dados de sensores abriu novos caminhos ao atingir a maior eficiência e as menores emissões alguma vez registadas em testes de fogões de biomassa no Centro de Investigação Aprovecho.

Se o combustível for acessível, o modelo de distribuição dos fogões oferece um negócio ainda melhor. Os fogões SupaMoto são oferecidos gratuitamente às famílias que compram pellets, sendo efetivamente emprestados e monitorizados através de uma plataforma de Internet das Coisas. O modelo tornou-se possível para a SupaMoto porque o combustível da sua fábrica de pellets de 15 000 toneladas por ano, produzido a partir de um produto residual, provou ser um fluxo de receitas suficientemente forte para sustentar a empresa por si só.

O nosso apoio

No entanto, esta empresa altamente enérgica sentiu a temperatura cair, como muitas outras, com a chegada da crise da COVID-19. Só sobreviveu com vários empréstimos que a empurraram para uma dívida insustentável. Em 2022, um credor de impacto sénior esteve perto de emitir uma carta de incumprimento, o que teria posto em risco uma década de progresso.

"Ter os serviços do GET.invest Finance Catalyst foi quase como ter um parceiro de treino, mas também algo como um terapeuta para empresários. Porque é uma viagem que exige 100% de empenho e muitas vezes requer que se esteja sozinho na sua própria convicção. Faz uma grande diferença ter alguém com quem falar e que conhece a nossa situação."
Mattias Ohlson, Diretor Executivo

O GET.invest Finance Catalyst, que há cinco anos presta à SupaMoto serviços de consultoria estratégica, modelação financeira para um aumento da dívida convertível, angariação de fundos e apoio a transacções, ajudou a empresa a encontrar um caminho para sair da crise e, na verdade, a prosperar para além das expectativas. No rescaldo financeiro da COVID-19, este serviço transformou-se num novo serviço para o GET.invest: apoio à reestruturação de empréstimos. Os consultores apoiaram as negociações com dois mutuantes de impacto e analisaram os acordos de reestruturação dos empréstimos, obtendo reduções de custos e prazos mais longos.

De volta ao caminho certo, a SupaMoto também solicitou o apoio do GET.invest Finance Catalyst para a próxima fase do plano para a sua fonte de combustível única: obter financiamento do mercado de carbono. O GET.invest Finance Catalyst apoiou a estruturação de propostas de financiamento de carbono que levaram a empresa a obter pré-financiamento de um fundo. Paralelamente ao lançamento no mercado de carbono voluntário, sendo um dos primeiros programas a registar-se na Gold Standard ao abrigo da nova metodologia Metered and Measured, os consultores apoiaram a ambição da ECS de implementar um programa inovador de créditos de carbono baseado em blockchain e digital-MRV (medição, comunicação e verificação). Esta solução está a funcionar desde julho de 2023, em cooperação com a Fundação ixo, e foi recentemente aprovada pela Berkeley.

Além disso, os consultores envolveram a iniciativa de dados GET.invest e A2EI (Access to Energy Institute) Prospect, que também desempenhou um papel fundamental no fornecimento do mecanismo de validação digital MRV em tempo real, triangulando dados na plataforma Prospect utilizando uma abordagem de impressão digital de dados, garantindo assim que as compensações de carbono da ECS são apoiadas por conjuntos de dados rastreáveis e verificados por terceiros.

O resultado

A SupaMoto assinou recentemente um results based grant com a Nefco, um parceiro estratégico do GET.invest, através do Modern Cooking Facility for Africa Facility. As actividades de angariação de fundos e o modelo financeiro desenvolvido através do GET.invest Finance Catalyst também suscitaram o interesse de investidores de capital, três dos quais estão em fase de due diligence para investimentos de vários milhões de euros, bem como de uma plataforma de crowdlending interessada em estruturar um mecanismo de empréstimo.

O primeiro acordo de pré-financiamento de créditos de carbono é mais pequeno, mas altamente significativo, uma vez que fala do enorme potencial de milhares de fogões SupaMoto ligados à Internet das Coisas, registando milhões de sessões de cozedura. A SupaMoto e a ixo têm produzido créditos de carbono que operam através de blockchain e contratos inteligentes e são baseados em dados de uso de fogões quase em tempo real, que foram triangulados, verificados e rastreados através da plataforma Prospect. Esta é uma das primeiras implementações efectivas de sempre do digital-MRV – que tem sido saudado por muitos especialistas como o futuro dos créditos de carbono. Trata-se de um salto em frente na medição exacta e verificável dos créditos de carbono, uma vez que estão ligados às horas reais de cozedura com as pastilhas de combustível de baixas emissões da SupaMoto.

Depois de atravessar a crise, a SupaMoto está novamente a funcionar a todo o vapor com financiamento garantido, um modelo comprovado baseado em dados e um ambicioso plano de crescimento. A empresa está a olhar para o dia em que a serradura não será suficiente para satisfazer a escala da procura e já está a avaliar outras fontes renováveis de pellets de combustível, como as gramíneas de crescimento rápido. A empresa observa que o potencial de mitigação de carbono da cozinha limpa em todo o mundo é de 2% das emissões globais, a par de toda a indústria aeronáutica. Com a resposta à questão da acessibilidade económica, a SupaMoto acredita que esse potencial pode ser atingido.

Fullscreen

Os fogões SupaMoto são oferecidos gratuitamente aos agregados familiares que compram pellets, sendo efetivamente emprestados e monitorizados através de uma plataforma da Internet das Coisas © Jason Mulikita for Modern Cooking Facility for Africa

Fullscreen

Os fogões SupaMoto alcançaram a maior eficiência e as mais baixas emissões alguma vez registadas em testes de fogões de biomassa no Centro de Investigação Aprovecho © SupaMoto

Fullscreen

O GET.invest Finance Catalyst, que há cinco anos presta à SupaMoto serviços de consultoria estratégica, modelação financeira para um aumento da dívida convertível, angariação de fundos e apoio a transacções © Jason Mulikita for Modern Cooking Facility for Africa

Fullscreen

A SupaMoto utiliza pellets feitos de serragem proveniente de plantações madeireiras sustentáveis da Zâmbia. © Jason Mulikita para Modern Cooking Facility for Africa

Fullscreen

A SupaMoto opera na Zâmbia, Moçambique e Malawi. © Jason Mulikita para Modern Cooking Facility for Africa

Principais valores
País
Zâmbia
Segmento de mercado
Cozinha Limpa
Resultados esperados
Volume total de investimento projectado
€9,600,000